quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Da simbologia do combate (about the sybology of the combat)



 Ler em Português      Read in English


Durante minhas conversas com Si Fu é comum falarmos sobre pessoas, como entendê-las e lidar com elas. Mais de uma vez o assunto recaiu sobre qual seria a grande diferença entre os seres humanos e outros animais; Si Fu diz que uma das características mais importantes, talvez a mais importante, para entendermos essa diferença é a capacidade humana de conferir símbolos. Essa capacidade consiste em atribuirmos um valor a algo que não seja o literal; e esse simbolismo está entremeado em nossas vidas. Simbólico é quando algo concreto representa uma ideia. Pessoas marcam jantares para poderem conversar, e não necessariamente saciar a fome. Nossas palavras são meros sons que atribuímos um significado.

A foto que abre essa postagem é de um filme chamado “The Grandmaster”, e nessa cena o mestre Gong Yutian tem como seu desafiante mestre Ip Man. A regra do desafio é clara: Gong Yutian tinha um biscoito em sua mão que deveria manter integro para vencer, caso fosse partido a vitória pertenceria a Ip Man. Essa cena é uma representação interessante do conceito de combate simbólico.

O combate simbólico é tão importante dentro do Ving Tsun pois ele é uma ideia que nos permite aprender através da experiência marcial; em quanto o combate real tem como objetivo a morte de alguém, é uma experiência de sobrevivência. No combate simbólico podemos experimentar premência de morte; ou seja vivenciar algo que de maneira simbólica tem potencial para nos fazer encarar a morte. Essa vivência tão intensa, derivada de uma premência de morte gera, uma condicionante para que desenvolvamos maior consciência sobre as coisas a nossa volta.





O sistema Ving Tsun tem como uma das suas ferramentas listagens de dispositivos corporais de combate simbólico. Tais dispositivos são maneiras de através do uso do corpo do próprio praticante ele possa vivenciar o combate simbólico. Na foto eu apareço realizando um dos primeiros dispositivos do Ving Tsun Experience.






Si Fu nos orienta sobre a importancia de entendermos como o combat simbolico funciona; é necessario um grau de refino para enteder quando, dentro de um combate simbólico, ocorre a morte. Caso um individuo não de a atenção devida durante a prática toda a experiencia terá um valoz reduzido, pois ao invés de vinvenciar diversos momentos de crise, premência de morte, o praticante estará apenas fazendo repetições de movimentos. Dentro do comabate simbólico podemos variar a intensidade, velocidade, nosso posicionamento e a distância de uma maneira que potencialize o estudo proposto.



Certa vez, em nossa comemoração ao final do ano de 2015, a conversa recaiu sobre algumas possibilidades de combate real. Todos se reuniram em torno do Si Fu para ouvi-lo falar sobre como o combate simbólico poderia influenciar nossa capacidade de lidar com o combate real. Como disse, o combate real é algo muito confuso logo não é um ambiente propício para o aprendizado em quanto o combate simbólico pode ter sua intensidade regulada para cada praticante permitindo que ele desenvolva uma percepção aguda do processo, gerando algo que chamamos de inteligência marcial. O que é inteligência marcial? Esse é o tema da próxima postagem!


Nenhum comentário:

Postar um comentário